04 julho 2015

[Manga] Heart no Kakurega





Ah, porque o Yaoi nunca vai embora daqui <3

Mas não se preocupem, eu vou trazer outras coisas também.

Antes de tudo eu gostaria de dizer que são cinco da manhã e eu estou fazendo postagem no blog. Bem, como a do especial já tinha atrasado eu resolvi não fazer isso com esta aqui.

Hoje eu trouxe uma das coisas mais fofas desse mundo. Um mangá da mesma autora de Tight Rope que tem resenha aqui no blog e vai ter uma feita por mim novinha no Toshokan. E basicamente nos temos uma história mais do que linda, sério, é realmente apaixonante.

O Izumi é um cara normal, trabalhador, só que um dia ele é assaltado. Levaram tudo, tudo de valor dele. A família dele não tem como ajudar e ele não pode ir morar com os pais devido o fato que os pais dele não tem dinheiro algum para dar a ele. Isso obriga ele a se mudar para um cortiço, mesmo que temporariamente. Lá ele conhece Haruto, um garoto quieto, que vive de cara fechada e ama ler que é basicamente o proprietário do cortiço, ambos começam uma relação que parece ser só uma amizade, mas as atitudes estranhas de Haruto além de outras coisas começam a fazer o coração de Izumi bater mais forte.

O mangá está em andamento, mas o primeiro volume trata apenas desse casal, o resto vem tratando apenas de Jin e Momo, então dá pra ler como se fosse um volume única tranquilamente.. Além do casal principal que é Izumi e Haruto temos os vizinhos Jin e Momo(que eu fui burra e citei antes) que estão juntos, mas não estão."Mas como assim Lena?" Você vai entender, não se preocupe com isso.

Uma coisa que eu realmente gostei no mangá foi o Haruto, ele é realmente um garoto curioso, ele as vezes age como se fosse uma parede e outras ele parece uma criança feliz e saltitante. Ele se mostra bem inocente em alguns aspectos e você vê que ele não tem malicia em algumas coisas que ele faz, ele apenas faz. E eu devo dizer que a salada que ele cria na cabeça do Izumi e na nossa consequentemente é realmente algo que vai te dar aquele fogo para ler o mangá, na verdade praticamente devorá-lo.



E todo o ambiente onde a história se passa, mesmo se mostrando um lugar mais carente, é uma um ambiente muito confortável e gostoso. Não é a melhor estrutura, mas as pessoas, os amigos, o local são muito acolhedores. Você consegue se ver em algum momento ali com eles comendo a janta junto, rindo e tudo mais.

Acho que o mais tem me agradado nessa autora é que mesmo você tendo um uke e um seme você tem uma quebra na personalidade deles. Não tem aquele uke tão estereótipo, nem um seme tão estereótipo. Ele me agradou em níveis estratosféricos, sério.

Todos os personagens são bons, todos me fizeram rir de alguma forma. E a trama que parecia ser uma coisa "x" no começo se mostrou algo bem diferente, Justamente por causa de inconstância do Haruto, "problemas" que são e não esperados surgindo e a coisa conseguindo se resolver no final tranquilamente. E a relação deles, como ela começa e como ela vai se transformando vai te animando. Você vê aquele garoto fechado se mostrar algo que você não esperava e quando nota seu coração tá até batendo mais forte <3

Vocês podem baixar aqui e sim, precisa de cadastro.

Bem, eu vou-me daqui, nos vemos no próximo post ;)

4 comentários:

  1. Yaoi pode vir sempre! haha
    Vou me cadastrar e ler *-* Obrigada pela indicação!
    Obs: Estou tão feliz que a terceira temporada de Junjou começou ♥

    http://www.ruadasbegonias.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu feliz que terminou, agora vou parar pra ver xD
      E espero que goste do mangá, é muito amor <3

      Excluir
  2. Yaoi pode vir sempre 2, apesar de eu preparar postagens shoujo ou shounen (tenho uma lista monstruosa de "resenhas para fazer").
    Dando uma espiadinha no Come Dream~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se preocupe que yaoi nunca vai faltar, eu consumo isso em excesso querendo ou não xD

      Excluir

- Pode deixar o link do seu blog ou qualquer coisa assim ai embaixo do comentário;
- Comentários ofensivos serão excluídos;
- Eu NÃO sigo de volta, se eu gostar vou atrás;
- E pra finalizar: Eu demoro, mas respondo os comentários.