07 abril 2015

[Especial Ghibli] Porco Rosso



O especial continua lindo e bonito e eu também, ou não quanto a ultima parte.

Mas hoje o nosso próximo filme é Porco Rosso. Onde a normalidade do outro filme volta a deixar sua mente e as obras "estranhas" do estúdio voltam a bater na sua porta.
O filme é de 92, dirigido pelo Miyazaki e foi feito inclusive enquanto era feito Only Yesterday, mas isso eu conto daqui a pouco.

Sinopse:
"Na Itália entre as duas guerras, caçadores de prêmios ganham a vida a lutar contra os piratas do ar que aterrorizam o Mar Adriático. Um deles é Marco Porcellino (Moriyama), mais conhecido por Porco Rosso. Gina (Kato), cantora e proprietária do Hotel Adriano, situado numa pequena ilha, não desiste de tentar convencê-lo de que vale a pena procurar a humanidade, mas Porco resiste a falar do passado e detesta o único vestígio desses tempos – uma fotografia que mostra o seu rosto antes de assumir os agora característicos contornos porcinos."



Caso tenha ficando confuso essa sinopse roubada, basicamente o Marco em um momento da vida dele acabou sofrendo uma modificação e ganhou características de porco, que estão bem claras no rosto dele. Mas ainda sim é um humano.

O filme tem um desenvolvimento que as vezes não parece linear, mas eu na verdade devia estar distraída e me perdi um pouco enquanto via o filme. Durante o filme nós vamos conhecendo melhor o Marco e vendo o quão humano ele é, que aquilo não se perdeu com o que aconteceu com ele.

Ele é engraçado e gostoso de assistir, também tem duas personagens que gostei muito. A dona de um hotel, que é amiga dele a muito tempo e uma jovem que é filha de um outro conhecido dele, que o ajuda a consertar e mexer em seu avião. Com muita certeza a mais velha é a mais próxima do protagonista e que sabe mais sobre ele, enquanto a mais nova apenas vai conhecendo-o e se aproximando.



O filme quebra um pouco a característica de protagonistas jovens e parte para um homem já adulto. Mas continue com aquelas pequenas coisas de "romancezinhos" e no final não acontecer bosta nenhuma entre os personagens só para te deixar bravo. Entretanto devo dizer que o que as maiorias das pessoas veem como um casal não é o que eu vejo. Devido a diferença absurda de idade.

Vale a pena? Sim, é gostoso de ver, tem um final que vale a pena, pelo que ele vai causar no seu coraçãozinho. 

Voltando ao que estava rolando no estúdio, como eu já disse, o filme foi feito juntamente com o ultimo citado no especial, isso causou uma super lotação no estúdio que fez eles chegarem a conclusão que estava na hora de aumentar o local. Durante esse tempo o Miyazaki trabalhou muito sozinho no filme, mas logo tudo se resolveu.



Se o filme foi um sucesso? Ele assim como os outros, foi o filme mais visto do Japão naquele ano, passou até por cima da Disney. Sim, a Ghibli é com muita certeza um estúdio de sucesso lá e no mundo a fora.  

Bem, nos vemos no nosso próximo filme ~
P.s: Eu já vi o nome do filme como "Porco Rosso: O Porquinho Voador" o que é bem absurdo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Pode deixar o link do seu blog ou qualquer coisa assim ai embaixo do comentário;
- Comentários ofensivos serão excluídos;
- Eu NÃO sigo de volta, se eu gostar vou atrás;
- E pra finalizar: Eu demoro, mas respondo os comentários.