23 abril 2015

[Especial Ghibli] Ocean Waves




E pela primeira vez um filme que não tem dedo do Miyazaki e nem do Takahata. Um filme feito pelos animadores mais recentes do estúdio para televisão. De 93, trago a vocês: Ocean Waves.



O filme tem uma história mais "parada" e conta do ponto de vista do principal como ele conheceu uma colega de classe que tinha sido transferida na época. Pegamos algumas lembranças dele após um momento que eles se reencontram seis anos depois numa reunião de classe.

Uma coisa que chama a atenção é a personalidade forte da garota e como isso incomoda as outras pessoas. Do que ela apronta ao jeito como fala e isso consequentemente afasta as pessoas dela. Exceto o principal que acaba envolvido com ela de uma forma ou outra.


Talvez ele lembre algo que minha amada mãezinha adora chamar de "filme cabeça" e que diz que não sabe como eu consigo ver essas coisas. Entretanto Ocean Waves tem um ritmo bem parado e as vezes dá apenas vontade de pausar o filme e ir fazer outra coisa (Tanto que vi ele em 2 dias de tão complicado que foi).

O filme não é ruim, não me entenda errado, só é um tanto parado e é preciso um pouco mais de foco para vê-lo. Ao mesmo tempo você vê nele experiencias próprias e coisas que não imaginaria passar. Então rola uma leve identificação com o filme, ao menos no meu caso porque é uma realidade ainda diferente da que vivi, mas próxima.



Provavelmente esse é um dos filmes menos conhecidos por não levar nome de um dos outros diretores e ter sido feito só para televisão. Mas isso não tira que é um filme bem feito, mantendo o traço do estúdio e de certa forma o filme em si parece sair um pouco de coisas "fantasiosas" do estúdio e volta para algo cotidiano.

É, dessa vez não tem muita história do estúdio, mas não se preocupe que vai ter no próximo mais do que nesse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Pode deixar o link do seu blog ou qualquer coisa assim ai embaixo do comentário;
- Comentários ofensivos serão excluídos;
- Eu NÃO sigo de volta, se eu gostar vou atrás;
- E pra finalizar: Eu demoro, mas respondo os comentários.