28 fevereiro 2015

[Manga] Wild Rock




Voltei com mais yaoi. NINGUÉM ME SEGURA.

Wild Rock é um mangá já mais antigo e eu devo ter lido ele a primeira vez a uns anos atrás. Tipo, 2011, por ai. Foi um dos primeiros mangás que eu fui atrás para baixar se não me engano. E o motivo era que eu vi várias vezes a imagem da capa sendo usada por algum fansub gringo e sempre me chamou a atenção.

Wild Rock é basicamente um mangá, volume único, que fala sobre dois casais de antigamente, que vivam em tribo. Sabe? Não tem bem uma data, a gente pode concluir desde algo meio lá para idade da pedra como uma coisa mais perto dos nossos índios.  São dois caras, o Yuuen e o Emba, que são de tribos rivais e que acabam se cruzando por um acaso. E o pai do Yuuen acha uma boa ideia fazer ele seduzir o Emba já que ele é fraco, menor e não consegue caçar, ele pode ser útil se fazendo de mulher  seduzindo o inimigo.

A outra história, que é contada depois de resolvida a deles eu achei melhor que a principal. Que é a história do pai do Yuuen como o pai do Emba. E acho que justamente por isso ela tira toda o glamour da primeira história e rouba para ela. Porque algo que você acha ter começado e renovado ali na verdade é um pouco mais antigo. Mas com um final diferente.

A história é gostosinha e eu me agradei muito com o final que fica subentendido da segunda história foi um amor tão grande que eu, tive um trocinho. Talvez porque eu goste de casais mais "velhos", mais maturidade, menos estereótipo. E, aproveitando que citei isso, sim, ambos os casais (o segundo apenas no "começo") seguem muito aquela linha do uke pequeno, magrelo e fraco.



Eu de vez em quando falo, de vez em quando não. Mas eu realmente preciso avisar sobre isso. O mangá foi até que bem editadinho, eu mudaria várias coisas, mas tá uma boa edição... Agora a tradução... Ela parece português de Portugal com o nosso português. No momento em que tem "gajo" e "miúdo" numa tradução você vê que a pessoa não é daqui. Então não estranhem já que estou deixando o aviso.

Agora spoilers:
Eu amei, amei o Selem usando o colar que o Yuni deu para ele no casamento do filho dos dois, foi algo tão lindo. Mesmo os dois tendo passado tanto tempo ainda se gostando e tudo mais. Ainda mais que nos capítulos extras fica aquela coisa deles finalmente estarem juntos de novo.
Fim do spoiler.

Só mais um adendo a história. Ela "acaba" meio que no capitulo 4 e o seguintes são mais extras para descontrair, rir e gostar. Mostrando como ficou as coisas depois e... Uma fofura devo dizer. E o Emba fica mais gostoso de cabelo curto e solto.

Bem, eu vou-me. Download AQUI (Do completo só o 4shared está funcionando).
Até.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Pode deixar o link do seu blog ou qualquer coisa assim ai embaixo do comentário;
- Comentários ofensivos serão excluídos;
- Eu NÃO sigo de volta, se eu gostar vou atrás;
- E pra finalizar: Eu demoro, mas respondo os comentários.