28 dezembro 2012

RESULTADO DO CONCURSO COME DREAM!





Olá gente, hoje, quando o blog está fazendo UM ANO, eu decidi postar o resultado do concurso.
Demorou muito, eu sei, o blog andou parado esses tempo por inúmeros motivos, mas após muito trabalho consegui tirar um tempinho pra finalmente decidir os ganhadores.

Pouca gente participou, mas valeu bastante pra mim, tínhamos só 20 seguidores quando lancei o concurso, hoje temos quase 80, minha meta já é 100. Incrível quantas pessoas manterão o banner do concurso em seus blogs mesmo após tanto tempo e também a quantidade de gente que pôs, mas não participou(Foram mais de 10).


Muita gente reclama do tema, dizia que era difícil, eu não vi coisa mais fácil que aquilo. Era uma frase de amplo sentindo “venha sonhar”, muita gente viu como realizar um desejo, ou coisas do tipo e... Quase ninguém pensou no sonho irreal, que a gente tem enquanto dorme, só uma pessoa. Estão vendo o tema do blog(deixarei um print)? Ele é um ótimo exemplo, é irreal, é bonito, parece uma noite estrelada que tem um troço voador lá em cima e... Isso é tão irreal que me lembra um sonho.
Vocês podiam usar esse irreal com o desejo de alguma coisa. Era bem simples até. Como podiam muito bem fazer algo que te dá vontade de sonhar, eis o convite e eis o tema.

Foi MUITO complicado escolher os ganhadores. No de fanfic mais do que no de desenho, afinal só um ganhou devido as circunstancias. Já tinha os votos do Tabris e na Kyo nos de desenho, mas o da fanfic só da Kyo e... No de desenho foi pegar o voto deles e usar a partir daquilo. O primeiro lugar foi fácil, o segundo demorou um pouco mas me decidi, agora o terceiro... Eu sinto que, se tivessem dando uma explicação pra um dos desenhos, ele tinha pego o terceiro lugar.

Resultado dos de desenho:


1 º Lugar – Yuso

Talvez me perguntem porque ela ganhou e, a resposta é fácil. Ela foi a única, que analisando friamente me lembrava um sonho, algo irreal. Um garota caindo e cartas voando... Cartas voam desde quando?! Bem, essa foi minha escolha para ela, teve outros votos e o meu deu a ela esse lugar. Pelo menos no meu caso, eu exclui o fato de ser do Alice in wonderland.



2º Lugar – Lynder

Foi difícil escolher esse lugar, saber se ela iria ou não. Mas eu lembrei algo que foi crucial, ela explicou o desenho. “É uma garota sonhando como ela gostaria de ser”. Isso a rendeu esse lugar, porque se não eu não ia entender o desenho.



3º Lugar – Themy

Sim, um desenho com o mesmo tema do primeiro lugar só que... Da primeira vez que eu vi eu pensei “primeiro lugar”. Mas... Analisando-o friamente e excluindo o Alice in Wonderland... É uma garota segurando um coelho, só isso. Foi muito bem feito, tem uma frasezinha no desenho, ela caprichou, eu posso ver. Quase perdeu para um outro desenho, mas como ele não tinha uma explicação, eu decidi que esse era dela.



Agora o de fanfic... É muito mais difícil escolher só um, eu fiquei dividida entre duas histórias. Já sabia que uma delas tinha um voto, mas dependendo de qual eu votasse empatava ou tinha um ganhador. Uma tratou do tema mais perto do literal, mas a outra me deu vontade de sonhar... No final, quem decidiu foi o Tabris, passei para ele um rápido resumo de cada uma e assim saiu o ganhador. Tinha também uma terceira história, muito boa, mas... O tema ficou, infelizmente, fraco nela.

Resultado do concurso de fanfics:

Vitória – Doce Outono


Doce Outono
Tudo o que eu me lembro dessa época foi que ele tinha 3 sonhos estranhos, ele queria que as folhas das árvores caíssem em tons laranja, que o vento estivesse o mais forte que os cabelos de sua cabeça pudessem aguentar e que tudo isso acontecesse em um dia comum... Ele chamava tudo isso de um dia perfeito, já eu, chamava apenas de outono...”
O alvoroço era notado por cada um que tivesse um par de olhos: gritinhos, chorinhos inconsoláveis, pulos, pontapés, abraços, enfim, tudo poderia ser notado em um dia de divisão de turmas, eu estava no meu estado mais comum, Takoto, minha melhor amiga havia se mudado na última primavera, a partir daí, passei a sentar sozinha e mantive distância das pessoas da minha sala.
Verifiquei o quadro, “2°B”, nada mais que uma sala comum para mim.
- Asusa Hikari? Você é Asusa Hikari?
Um garoto de aparência simpática me perguntou.
- Hã, sim?
- Ah! Meu nome é Kawaguchi Ryu, estou aqui para lhe intimar a participar do nosso clube de botânica, estamos convocando todos que tiraram as 5 melhores notas em biologia no último ano e você é a segunda então...
- Me desculpe, mas não estou interessada...
- Não tem como eu aceitar um não como resposta! Você é a segunda da classificação, você tem que se inscrever, pelo bem das plantas!
- Desculpa, mas é que eu realmente não estou interessada Kawaguchi-chan...
- Pode me chamar de Ryu! E eu te chamo de Hikari! Assim criamos mais intimidade! Agora que somos amigos... você não me faria o favor de entrar para esse clube logo? Por favoooooor!!!!
- Não quero realmente! E não somos amigos!
- Você não gosta de plantas?
- Não, não é isso...
- Então não há motivos para dizer não!
- Você é muito insistente, azar o seu porque eu também sou bem cabeça dura, sugiro que você desista logo, tudo o que vier depois é perca de tempo.
- Hikari-chan, eu sou muito mais obstinado do que qualquer um que você conheça, pode ter certeza! Você é do 2°B não é? Hahaha, vamos nos ver novamente, é só esperar!
O garoto saiu, parecia com pressa, mas finalmente eu estava livre. Infelizmente, alguns minutos mais tarde meu ânimo decaiu completamente ao notar que aquele foi o primeiro “amigo” que eu havia feito deis de a primavera passada...
A sala tinha um aspecto um pouco frio demais para um começo de ano, os alunos pareciam bem civilizados e as conversas paralelas eram mínimas, eu realmente me agradei com aquele ambiente.
O sinal tocou e a porta se abriu, erro meu pensar que o professor entraria por aquela porta, quem entrou foi alguém que eu realmente não gostaria de ver e nem pensava em ver tão cedo, Kawaguchi Ryu, o garoto estranho que queria me obrigar de qualquer maneira a entrar no clube de botânica. O pior não foi só ele ter entrado na sala, foi o fato de que a cadeira que ele sentou estava do lado da minha, e que, como se ele fosse uma luz, todos na sala começaram a conversar, brincar e ofegar, quase como se estivessem esperando a entrada dele para que a sala tivesse seu ar comum de começo de ano. Isso me fez notar que ele era bem popular...
- Hikari-chan, nos encontramos de novo! Então, já mudou de ideia sobre a botânica?
- Não, ainda não vou me inscrever no seu clube!
- Uff! Como é teimosa!
Seria mentira da minha parte se eu não dissesse que corei com a palavra “teimosa”, esse é um jeito comum dos garotos intitularem as garotas que gostam nos shoujos.
Quando a aula finalmente acabou eu ouvi alguém me chamando do corredor.
- Hikari-chaaaaaan!!! Hikari-chaaaaan!!! Espera, eu sei que você está me escutando, então pode parar de andar!
Droga!
- O que foi Kawaguchi-chan?
- Ah! Já disse que você pode me chamar de Ryu não disse? Não precisamos de formalidades!
- Uff! O que foi Ryu-chan?
- Bem melhor! Eu quero que você me acompanhe.
- Acompanhá-lo? Para...?
- SUR-PRE-SA! Se eu te contar vai perder a graça!
- Nossa, como você é chato, tá bom, eu vou!
- Jura? Sem birra, nem nada?
- Você quer que eu vá ou não?
Enquanto eu seguia Kawagu... quer dizer, Ryu-chan para os fundos da escola eu pensava em uma única coisa: realmente eu não resisto a uma surpresa, talvez eu seja a pessoa mais curiosa que existe, acabei seguindo-o tão facilmente...
- Chegamos! Então, o que achou?
Eu estava sem palavras, nunca havia visto a estufa da escola, nem sabia que ela existia, eu pensei que ela havia sido queimada no incêndio que houve na escola de 4 anos atrás, mais estou vendo que a reconstruíram! E para completar meu choque, ela estava linda! Muito mais bonita do que a que eu me lembrava.
- Está tão linda! Quantas plantas! Flores! Quem toma conta disso? Sério, tenho que parabenizar, até ano passado ainda estava destruído por causa do incêndio, eu não sabia que tinham reconstruído!
- Isso é porque ainda é segredo! Só quem sabe isso são você e eu.
- Hã? A escola não sabe que reconstruíram? Então quem...
- Eu. Deu um trabalhão, deis do ano passado, trabalhei sozinho aqui só para lançar o clube de botânica.
- Mas, não entendo, porque manter segredo? Se você mostrasse isso para os alunos, todos iriam querer entrar no clube e você não ia precisar ficar correndo atrás de membros como um louco.
- É, pode até ser que sim, mas se eu fizesse isso, várias pessoas iriam querer entrar só para ter acesso livre a esse lugar. Isso não seria injusto? Eu gostaria de mostrar esse lugar apenas a quem realmente o aprecia e cuidaria dele adequadamente.
Quando Ryu falou isso, eu realmente senti que ele era mais adulto, como quando uma pessoa fica séria quando fala sobre uma coisa da qual realmente ama, enquanto ele olhava para as flores, por um momento, ele parecia um pai admirando seus filhos, isso me fez corar.
- Mais... como assim só eu e você vimos esse lugar? E os outros membros do clube?
- Os outros são membros fantasmas, nenhum realmente é membro do clube, só estão inscritos para que o clube continue funcionando, são amigos meus mais eles não tem nada haver com plantas.
- Então você cuida de tudo isso sozinho? Jura?
- Bem, sim, minha mãe é floricultora, então é fácil conseguir material para manter isso aqui, o difícil mesmo é cuidar de tudo sozinho, são muitas plantas.
- Er, então se você quiser alguma ajuda pode contar comigo! Eu posso não parecer, mas eu amo plantas...
- Eu sei disso!
- Hein? Sabe?
- Sim, minha casa é perto da sua, um dia eu estava passando e vi você, com o uniforme da nossa escola se sujando toda só para proteger seu canteiro da chuva, você estava a ponto de pegar um resfriado mais nem ligava, só se preocupava com as plantas...
- Que vergonhoso, você deve te me achado uma idiota...
- Claro que não! Eu achei que você estava... incrível! Foi aí que eu decidi que você seria a primeira pessoa a entrar no meu clube de botânica!
- Hã? Não foi por causa da nota em biologia?
- Desculpe, mais isso era só uma desculpa...
Naquele momento eu olhei para o céu e vi que já estava tarde, ele olhou também e consentiu, surpresa minha foi notar, ao caminho para casa, que havia nascido uma cumplicidade estranha entre nós.
- Ryu-chan, minha casa é aqui, obrigada por me acompanhar! Ainda bem que minha casa é perto da sua.
- Não se preocupe, eu teria lhe acompanhado mesmo que sua casa fosse do outro lado da cidade!
Eu já estava corando quando um forte vento apareceu, meus cabelos longos voavam rebeldes pelo meu rosto, mas Ryu parecia calmo e, estranhamente, feliz.
- Ryu-chan?
- Hã, oi, descupe, é que eu sempre fico assim quando venta muito forte, eu gosto...
- Gosta?
- Na verdade é uma coisa minha, eu sempre digo que meu dia perfeito tem que ter 3 coisas: folhas que caem em tons laranja, ventos tão fortes quanto os cabelos da minha cabeça podem aguentar e tudo isso tem que acontecer em um dia comum, de surpresa sabe? Bom, está ficando tarde, já vou indo.
- Ah sim, tome cuidado, até amanhã!
- Inté!
Alguns minutos depois que ele saiu, eu me lembrei do que ele havia falado em seu dia perfeito.
- Vento, folhas em tons laranja caindo... isso não seria o outono?
Quando fui dormir o vento ainda estava bem forte para fora de minha janela, mas já não via aquilo como um fato infeliz, porque eu sabia que ele fica feliz com a ventania rebelde, então dormi calma e serena, talvez até mesmo, apaixonada...
A partir daquele dia, eu finalmente havia aceitado entrar no clube de botânica, admito que foi apenas em parte pelas plantas, estar perto de Ryu, conhecê-lo melhor, tudo isso deixou meus dias mais felizes, eu queria que aquela época durasse para sempre.
Quatro meses se passaram e em uma tarde comum no clube, ele me disse algo que mudaria essa felicidade que antes me era tão familiar.
- O QUÊ? Como assim você vai deixar a escola? E o clube?
- É isso mesmo Hikari-chan, eu vivi toda a minha vida com a minha mãe, ajudando nas flores, cuidando delas, aprendi a amá-las e respeitá-las, mais meu pai precisa de mim agora, eu resolvi passar uns tempos com ele lá na Europa.
- Mas, nã-não tem nada haver, e o clube? E a escola?
- O clube tem você Hikari-chan, você cuida das plantas tão bem quanto eu, não precisa se preocupar, tem vários membros no clube agora. E a escola, bom, vou estudar por lá o último ano, não precisa se preocupar...
Quando eu levantei a cabeça, meus olhos já estavam cheios d’água, quando levantei a cabeça, toda a determinação que eu não havia reunido em um ano estava lá.
- Mas e eu? Tudo bem para você me deixar? Porque para mim não! Eu gosto de você! Eu amo você! Deis de sempre!
Ryu-chan olhou para mim extremamente corado.
- E-eu também gosto de você deis de sempre, para falar a verdade, deis de que vi você cuidando daquele canteiro, foi deis desse dia que eu resolvi reconstruir a estufa, só para ter uma desculpa para falar com você, para estar no mesmo clube que você!
A essa altura eu já estava envergonhada, mas ele olhou para mim e eu fiquei com medo, seu olhar era de uma tristeza profunda.
- Hikari, foi você que me fez amar tanto as plantas, obrigada, obrigada por gostar de mim também, mas amanhã eu vou viajar para Europa, talvez sejam 6 meses ou talvez 6 anos, por isso não posso fazê-la esperar por mim, mas eu sempre vou estar ligado a você, pelas plantas.
- Ryu, Ryu, Ryu!
A essa altura eu já estava em um rio de lágrimas, nem conseguia pronunciar seu nome direito.
- Hikari, eu quero que você encontre a felicidade, que ame e que se torne uma grande mulher. Eu vou esperar vê-la novamente, para ver se você consegui tal feito.
- Mas Ryu...
Ele tapou minha voz com um beijo, um beijo doce que simplesmente me consumiu ternamente.
- Eu tenho que ir, se não, não sei se serei capaz de ir embora.
- Não quero que vá...
- Mas eu tenho!
Quando suas costas esbeltas já estavam longe, eu gritei
- Ryu! Na Europa tem outono?
- Hã?
- Na Europa tem outono?
Ryu sorriu gentilmente ao virar para mim.
- Acho que sim.
Por um momento, algo brilhou quando ele virava o rosto novamente para a rua, poderia ser uma lágrima?
Depois daquele dia eu nunca mais o vi, deis de então 8 anos se passaram, li notícias de que ele havia virado um grande empresário que era muito admirado por respeitar o meio ambiente acima de qualquer negócio, me senti extremamente orgulhosa ao ler essa notícia.
Eu me formei em professora de Biologia, realmente amo essa matéria e por ironia do destino, dou aulas para a mesma escola que estudava no colegial, a estufa ainda está bem conservada, todos os alunos cuidam dela muito bem e o clube de botânica é um dos mais populares, volta e meia eu passo lá e auxilio os novos membros.
- Asusa sensei, Asusa sensei!
- Sim?
- Tem um cara que disse que lhe conhece na praça central da escola, ele é muuuuuito lindo e parece um executivo rico!
- Jura? Tem certeza?
- Sim!
- Ah obrigada!
Não escutei a resposta da aluna, muito menos escutei alguma coisa, saí correndo o mais rápido que pude. No caminho, notei que o vento estava forte, as plantas alaranjadas e me lembrei que afinal, esse era o primeiro dia de outono. Quando cheguei na praça central, vi um homem alto, moreno e de terno no centro da praça e corri para ele, afinal, já sabia quem era, talvez eu soubesse disso antes da aluna simpática me avisar, talvez isso seja uma estranha telepatia compartilhada pelos apaixonados."

Essa história, pelo menos para mim, deu vontade de sonhar.



Pra quem ficou triste... Não se preocupe, o Come Dream terá outros concursos e naquela página nova ali, vai ter os desenhos e histórias que concorreram. :3

E, o award para quem participou:

Salvem, ou usem o link abrindo em nova aba.



Beijos meus lindos e... PARABÉNS PRO BLOG \O/

6 comentários:

  1. FINALMENTE DEPOIS DE UM SÉCULO AHHAHA *miyaneo apanhando dos três now* -Q
    Acho que o resultado dos três desenhos foi justo. O desenho que eu mais gostei doi o da Themy, porém a ideia não foi muito boa. O primeiro lugar foi o menos dedicado eu acho, digo, nem foi pintado. Porém foi bem um negócio de sonhos mesmo. Cartas voam sim Lena-san, o Hisoka manda braza matando os caras la em Hunter x Hunter com cartas de baralho 8DDDD -MASOQ-
    Eu não vi o link pra ler as outras histórias ç-ç
    A única coisa que me deu vontade lendo essa fanfic foi "quero matar essa guria" KOPASKSAOPKSOPSKAOSAKSOPAKSOAPKSAOP mas foi bem escrita e curta mesmo. Não explicou o começo e muitas pessoas vão me apedrejar dizendo "ah, mas eu fiz pra ser assim, meio misteriosa e blalaal", só que misteriosa é uma coisa e ser curta demais e não explicar nada é outra e.e' Afinal, o que outono tem a ver com o clube de biologia? WTF? Mas sonhar deixo nas mãos da avoada lá que quis pegar ela pro clube, dou pontos por isso só e pela boa escrita. (Afinal, coisas assim só são feitas em poemas e poesias e.e')
    E eu realmente não estou vendo a página pra ler as outras e.e'' Eu gosto de ler tudo mesmo JIASKJDAIODHSKJANDKAHJDNADK,AJ mesmo nos outros concursos eu fiquei lendo tudo -q ainda bem que conseguiram dar o veredito final. Só não entendi se o Tabris leu mesmo ou só leu o resumo feito pela Lena e.e' (que seria meio que uma injustiça -q eu sei como dá pra ter opinião errada), foi isso que me passou enquanto eu estava lendo.
    Parabéns aos concorrentes e espero que todos participem mais vezes de outros concursos e não desanimem por qualquer coisa. Principalmente aos desenhistas, hue xD
    Se fizer outro concurso eu acho que participarei se tiver yaoi u.u' yaoi é essencial pra fanfic pra mim HSUAHUAHUSA se for de contos (em geral) acho que hoje em dia eu consigo fazer um bem curto como essa, eu pensava que tinha mais limite de palavras LOL
    Mil Kissus pra vocês do Come Dream e não esqueçam de mostrar quem são os ganhadores, poque eu não faço a mínima ideia de quem sejam eles só de nome (mesmo Thamy/Themy eu conheço umas 3 aqui na blogosfera) HSAUHSAUHSAUHAU
    XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa não é a fanfic inteira, só tem a primeira página aí, foram 6 ^^'
      Ainda bem que gostou do meu português =D

      Excluir
  2. Pera o-o *Volta pra ler*
    Eu ganhei o 1º lugar no concurso de desenho o-o
    Isso nom ta errado?
    Brink's -q'

    Realmente estou muito feliz com isso >.<
    Mas só participar me deixa feliz ^^
    Concordo com a Miyaneo, o meu preferido também foi o da Themy *w*
    Ficou mesmo muito lindo >.<
    Mas excluindo o Alice in wonderland, eu concordo '-'
    Também acho que deveria ter me dedicado mais na hora de fazer o desenho, se eu não tivesse terminado em cima da hora e algumas horas antes do final oficial do concurso eu teria colorido ele xD (Se bem que depois o concurso foi adiado e.e')

    Kissus >.<

    ResponderExcluir
  3. Amei ter ganhado o concurso das fanfic's, sério estou muito feliz!
    Geralmente tenho várias ideias de histórias na minha cabeça, sempre que começo uma aparece outra muito melhor e eu acabo que não termino nenhuma (tbm porque tenho preguiça de escrever/digitar), contando com essa, só tenho dois contos realmente terminados.
    Gostaria de ler as outras, seria muito legal =D

    ResponderExcluir
  4. Yo! Consegui o segundo lugar? *-* Amei ter participado do concurso, de coração, amei mesmo! Espero que venha logo outros, pq acho que da próxima vez me sairei melhor, até pq andei praticando durante o tempo que o resultado não saia. O concurso das fanfic's tbm amei... E meus parabéns para a Vittória por ter ganho *-* E tbm à Yuso pelo primeiro lugar do de Desenho, certamente o dela seguiu bem o tema! Admiro :D

    ResponderExcluir

- Pode deixar o link do seu blog ou qualquer coisa assim ai embaixo do comentário;
- Comentários ofensivos serão excluídos;
- Eu NÃO sigo de volta, se eu gostar vou atrás;
- E pra finalizar: Eu demoro, mas respondo os comentários.